Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2021

Para que serve o sonho, senão para alimentar de esperança nossa alma.

Traço meu caminho todos os dias, tento seguir o melhor, é difícil seguir sem determinadas partes que deixei para trás, mas quem me garante que todos não passam por isso? Então respiro fundo e continuo seguindo. Victor S. Gomez   Nós podemos ter times, cores, religiões, partidos, sermos todos diferentes, só não devemos deixar de trabalhar par o bem comum de todos. Victor S. Gomez   O que custa usar uma mascara até o fim dessa pandemia? Quanta estupidez de quem se recusa. Victor S. Gomez     Para que serve o sonho, senão para alimentar de esperança nossa alma. Victor S. Gomez

24 Frases 11

Frases de Victor S. Gomez 01- Universo Interior , todos nós temos um. Meninos buscando suas identidades, suas raízes, suas origens. Vivendo em um mundo onde tudo é possível, inclusive seu próprio Universo Interior. 02- Cidadania se expressa de várias maneiras, principalmente pela alegria em fazer o que se gosta. 03- A cultura deve estar sempre ao alcance de todos, passe adiante os livros que você já leu. Livro é para ser lido, não é para ficar guardado. 04- De tempos em tempos as lembranças me chegam, sempre claras e bem nítidas e o que vejo é sempre a mesma coisa. O tempo levando todos amores, todas as dores, só não conseguindo levar a minha paixão por Conservatória. 05- Amizade sincera se define em fidelidade, preocupação com o outro e é simplesmente aquela que nos trás felicidade. 06- Eu sempre tive medo, mas nunca deixei de fazer nada por causa do medo. O medo nos faz viver mais, nos protege em situações perigosas, o medo preserva nossa vida. Todas as vezes que me vi em situações p

Do livro Universo Interior - A Neblina - Um Conto de Victor S. Gomez

Primeiro lugar no Prêmio Olho Vivo 2014 - Volta Redonda - RJ Veja a página do escritor no site da Editora Patuá. https://www.editorapatua.com.br/produto/40926/universo-interior-de-victor-s-gomez Compre o livro "Universo Interior".  Do livro Universo Interior - A Neblina - Um Conto de Victor S. Gomez Já passavam das duas da madrugada do quinto dia, desde que aquela neblina tinha chegado à nossa cidade. De uma hora para outra nos vimos cercados por todos os lados. Era uma nuvem cerrada, de cor leitosa. Dava quase para se pegar com as mãos de tão densa. Meu irmãozinho falava que, com uma faca, poderíamos cortá-la e passar por ela. Eu conseguia entendê-lo, pois a coisa era tão espessa que não dava para ver um centímetro diante do nariz. Por isso estávamos trancados em casa há cinco longos dias, com medo, sem saber na realidade o sentido daquilo tudo. Meu pai, em toda a minha vida, jamais tinha me abraçado, mas agora até segurava minha mão, talvez querendo compensar todos os anos

Um projeto cultural e ambiental de qualidade

Frases de Victor S. Gomez   Um projeto cultural e ambiental de qualidade deve ser bem consistente  e ter participação efetiva da comunidade, só assim ele terá sucesso e  poderá trazer resultados concretos que efetivamente ajudarão nossos jovens na conquista da sua cidadania.   Compartilhar, ser solidário, altruísta,  só aumenta as chances de tudo melhorar para todos.  Fazer o bem, melhora a nossa vida e a de todos. Trocando informações, fazendo parcerias,  nos ajudando mutuamente,  é assim que se constrói a cidadania.        Eu gosto muito do que faço,    por isso faço com amor.    Isso é voluntariado!     Se pensar em fazer algo para o bem de todos, faça,  não espere o tempo passar,  aja com desprendimento que tudo fica mais fácil.

Do livro Universo Interior - A Pedra Polida - Um Conto de Victor S. Gomez

Primeiro lugar no Prêmio Olho Vivo 2014 - Volta Redonda - RJ Veja a página do escritor no site da Editora Patuá. https://www.editorapatua.com.br/produto/40926/universo-interior-de-victor-s-gomez Compre o livro "Universo Interior". Do livro Universo Interior - A Pedra Polida - Um Conto de Victor S. Gomez Timborã perdera bastante tempo cavando aquele buraco, acho que metade do dia já tinha se ido. O chão duro e seco fazia com que todo o esforço fosse redobrado e o barulho da pá ao se chocar contra o solo era quase o de metal contra pedra. Aquela dureza toda talvez fosse resultado de anos de seca. Há muito não chovia em El Dourado e com certeza não choveria tão cedo. Aos onze anos de idade nunca vira uma gota de chuva, nem sabia como era, só imaginava. Quando os antigos contavam sobre os temporais do passado, pensava em baldes de água sendo jogados por mãos gigantescas sobre a aldeia. Também nunca vira os campos inundados e as colheitas fartas. Carros e mais carros de boi carreg

Abacaxi, Símbolo de Status?

No século 18, o abacaxi era tão popular e considerado uma iguaria tão rara que os ricos pagavam mais de US $ 8.000 em dinheiro por um. Surpreendentemente, eles não eram devorados, mas eram colocados nas fruteiras de mansões imponentes para serem admirados pelos visitantes. Considerando o quão deliciosos os abacaxis são, é uma pena pensar que todas essas frutas absurdamente caras eram colocadas ali para apodrecer. No entanto, os europeus no século 18 eram amantes notórios da pompa e das circunstâncias, por isso este é um testemunho adequado para aquele período.   fonte: https://za.investing.com/magazine/status-symbols-throughout-history/

Mikhail Nikolayevich Baryshnikov

Nascido em Riga, na Letônia SSR, Baryshnikov teve um início promissor no Balé Kirov em Leningrado antes de desertar para o Canadá em 1974 em busca de mais oportunidades na dança ocidental. Depois de dançar no American Ballet Theatre, ele se juntou ao New York City Ballet como dançarino principal por uma temporada para aprender o estilo neoclássico de movimento russo de George Balanchine. Ele então voltou com o American Ballet Theatre, onde mais tarde se tornou diretor artístico. Baryshnikov liderou muitos de seus próprios projetos artísticos e foi associado em particular à promoção da dança moderna, lançando dezenas de novos trabalhos, incluindo muitos deles. [Carece de fontes?] Seu sucesso como ator dramático no palco, cinema e televisão ajudou ele se tornou provavelmente o dançarino de balé contemporâneo mais conhecido. Baryshnikov nunca mais voltou à Rússia desde sua deserção em 1974 e é cidadão naturalizado dos Estados Unidos desde 1986. [4] Em 2017, a República da Letônia concede

25 Frases 10

  Frases de Victor S. Gomez 01- No caminhar da Folia vejo a mesma força que uso no meu dia a dia, com muito amor, perseverança e coração aberto.  02- Os caminhos que se cruzam diante de mim, são caminhos de formas diversas, as vezes pesados, sofridos, que trazem à tona as dores de tempos atrás, mas a medida que o tempo passa, novas vidas se constroem e sigo em frente pensando em novos desafios que sempre irão surgir, mas nunca deixarei de transpor. 03- Nunca esqueço dos verdadeiros amigos, principalmente daqueles que me ajudaram, pouco ou muito, não importa, importa mesmo é o carinho que depositaram nesse esforço. 04- Que hoje nosso dia possa ser melhor do que o anterior, que novos projetos e glorias sejam conquistados, não por uma busca pessoal de sucesso, ou apenas por querer mostrar que somos capazes de fazer, mas por estarmos cônscios de que estamos lutando por um bem maior, a melhoria das condições de vida de nossos semelhantes. 05- Tente aprender com os melhores, nunca é tarde pa

Livro de Victor S. Gomez no Prêmio OLHO VIVO 2014

Meu livro "Universo Interior" lançado pela Editora Patuá foi o ganhador do Prêmio OLHO VIVO 2014. Quem puder comprar meu livro  no meu livro "Universo Interior" ganhador do prêmio Olho Vivo, clica no link:: https://www.editorapatua.com.br/produto/40926/universo-interior-de-victor-s-gomez Autor do livro Universo Interior, Victor S. Gomez é Escritor, Ator e Educador Social Primeiro lugar no Prêmio Olho Vivo 2014 - Volta Redonda - RJ Veja a página do escritor no site da Editora Patuá. "O livro Universo Interior é formado por contos, aonde são reveladas passagens de uma infância rica e cheia de fantasia, apresentadas por meninos que viveram em uma época em que tudo era possível, até mesmo acreditar que o improvável poderia ser realidade. Ele nos remete a um passado não muito distante, de cidades interioranas, tranquilas e a um mundo interior cheio de mistérios, com personagens que lutam contra seus medos e que possuem problemas que não são revelados, mas que são m

Resenha de “O Livro das Estações, de Fernando de Oliveira”

Em uma festa na casa do Ricardo Cravo Albin, apresentado por nosso amigo comum o poeta Sergio Natureza, conheci o Fernando de Oliveira. Fiquei surpreso e estarrecido ao perceber o seu conhecimento em relação às plantas e logo pensei que fosse, além de grande letrista, também botânico - depois descobri que era médico veterinário -. À medida que caminhávamos por várias partes do ambiente, que ainda detém boa parte intacta da Mata Atlântica original, ele nos falava das flores, das árvores, das podas, seus nomes técnicos, seus tempos de floração, as estações etc. Do Fernando de Oliveira já conhecia algumas de suas letras com melodias da Rosa Passos, de quem é o parceiro mais constante, composições emblemáticas como “Verão”, “Roseira” e “Pequena música noturna”, incluídas neste seu primeiro volume de poesias “O Livro das Estações” , repleto de outros textos, também melopeicos e no melhor da tradição dos poetas provençais do século XII (Arnaut Daniel, Bertran de Born, Marcabru, Bernart de V

É Preciso Atitude Sempre

Victor, em que momento de sua vida foi preciso ter muita atitude?  A todo instante temos de ter atitude, diante da vida, diante de tudo. Em todos os trabalhos que realizei até agora, todos foram feitos com atitude, com desejo de ajudar, de mudar o que está errado. De tentar levar o melhor para as pessoas, de modificar uma situação. Hoje em dia vemos muita coisa errada, mas muitas vezes nos omitimos. Ter atitude é modificar esse pensamento, não importando o que possa acontecer. Se for para o bem deve ser feito. Victor S. Gomez Portal Cidadania http://www.victorsgomez.com Foto na ONG CECI - Centro Cultural Criança Cidadã,  que fundei em Seropédica em 2000.

Contos e Poemas de Outros Mundos

Eu andei por aqui, por ali, eu viajei para Outros Mundos, muitas vezes, sem nem me dar conta. Busquei por toda vida encontrar outros lugares, outros caminhos , viver em outros mundos, visitar outros mundos, viver outras vidas, visitar novas terras. E nessa incessante necessidade de conhecer tudo que existe nesse nosso universo, encontrei muitas formas de viver. Viver com amor, com amizade, com criatividade, com sensibilidade e outros tantos sentimentos que nos fazem bem. Talvez o universo seja mesmo uma imensa bolha vagando em meio a tantas outras bolhas, outros universos, sem destino e para sempre, e nós apenas passageiros desse e de outros tantos universos, sem mesmo saber onde estamos, se aqui ou acolá. Mas uma coisa é certa, só seremos verdadeiramente felizes, se em cada um deles deixarmos uma pequena cota de amor para nossos semelhantes, ontem, hoje, amanhã e sempre. Victor S. Gomez

O Grande Escritor Monteiro Lobato

José Bento Renato Monteiro Lobato, Paulista de Taubaté, mais conhecido como Monteiro Lobato, foi advogado, fazendeiro e adido cultural do Brasil nos EUA. Empreendeu luta incansável pela necessidade da exploração do petróleo em terras brasileiras e isso valeu-lhe a prisão e o exílio na Argentina. Mundialmente conhecido como escritor infantil, nasceu em 18 de abril de 1882. Não há no Brasil quem tenha superado Monteiro Lobato, como escritor de histórias infantis. No Sítio do Pica-pau Amarelo, seu maior projeto literário, ele colocou personagens antológicos, como a boneca Emília, Narizinho e Pedrinho, Dona Benta, Tia Anastácia, Rabicó, o Visconde de Sabugosa, Tio Barnabé, o Saci-pererê, a Cuca, o Minotauro e muitos outros, misturando realidade e fantasia em doses sábias. Fundou a Editora Monteiro Lobato & Cia, e segundo dizem publicava seus próprios livros, fez parceria com bancas de jornais para comercialização de suas publicações, algo inédito para época. Em 1921 distribuiu como do

A Neblina - Um conto de Victor S. Gomez

A Neblina - Um conto de Victor S. Gomez     Já passavam das duas da madrugada do quinto dia, desde que aquela neblina tinha chegado à nossa cidade. De uma hora para outra nos vimos cercados por todos os lados. Era uma nuvem cerrada, de cor leitosa. Dava quase para se pegar com as mãos de tão densa. Meu irmãozinho falava que, com uma faca, poderíamos cortá-la e passar por ela. Eu conseguia entendê-lo, pois a coisa era tão espessa que não dava para ver um centímetro diante do nariz. Por isso estávamos trancados em casa há cinco longos dias, com medo, sem saber na realidade o sentido daquilo tudo. Meu pai, em toda a minha vida, jamais tinha me abraçado, mas agora até segurava minha mão, talvez querendo compensar todos os anos sem carinho. Para mim era muito boa aquela demonstração de afeto. Só uma vez antes dessa o senti tão próximo quanto agora. Foi quando eu ganhei um concurso de pesca na nossa cidade. No lago formado pela represa do Ribeirão do Salto, todo o ano se realizava o Campeo

25 Frases 09

  Frases de Victor S. Gomez 1- Todos os dias travo dentro de mim uma luta feroz contra o bem e o mal, sinto-me vitorioso quando percebo que tenho condições de escolher o amor como o melhor caminho a seguir. 2- Muitas vezes luto muito para alcançar coisas que muitos dizem impossíveis de realizar, mas eu acredito que impossível é tudo aquilo que não tentamos verdadeiramente alcançar. 3- Todos os sonhos são possíveis, mesmo que lhe digam que não, continue acreditando sempre, assim em algum momento você será recompensado pela sua perseverança. 4- Crianças me fazem sonhar, com um mundo melhor, com uma vida cheia de novas possibilidades, com dias mais alegres e felizes para todos. É convivendo com elas que aprendo a viver melhor. 5-Votação espontânea, é nisso que acredito. Para que você consiga o tal "reconhecimento", é preciso que seu trabalho tenha qualidade, seja relevante, seja de alguma maneira transformador. 6- Sempre que vejo coisas ruins, procuro pensar assim: Quero um mund

Livro "Uma Escuridão Bonita" do Escritor Super Premiado Ondjaki

Já li e recomendo. Uma história maravilhosa. Na escuridão podemos encontrar o brilho da estrelas, uma forte amizade e até mesmo o amor. Na falta de luz, o que nos ilumina pode ser a paixão, o amor. Uma escuridão bonita fala da beleza desses encontros. Um casal de jovens aproveita a falta de luz em sua cidade para trocar algumas palavras sobre suas vidas e, assim, se descobrem aos poucos.  Uma história escrita pelo premiado escritor angolano Ondjaki sobre as coisas não ditas, mas que acabam por preencher os jovens corações sem medo da ausência de luz.   https://www.amazon.com.br/gp/search/ref=as_li_qf_sp_sr_il_tl?ie=UTF8&tag=boadicliv-20&keywords=UMA ESCURIDÃO BONITA, ONDJAKI&index=aps&camp=1789&creative=9325&linkCode=xm2&linkId=a3b39aa25ce7d23f60b545cdce13ad4b