Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2021

Encontro nas Dunas - Um texto de Victor S. Gomez

Imagem
Encontro nas Dunas - Um texto de Victor S. Gomez No inicio dos anos 70 era certo irmos para Cabo Frio, As vezes várias pessoas dividiam a mesma casa. Éramos como irmãos, naquele tempo todos se ajudavam. De carona ou de ônibus todos chegavam lá. Na beira do canal todos vendiam aquilo que faziam, era comum isso. O vento forte nos levava, todos os dias ventava no canal. Um dia um pescador me disse. na lua cheia o vento para, e nesse dia o vento parou. Nos encontrávamos em outros lugares, e conversávamos sobre música, sobre um pouco de tudo. Alguns se encontravam no bar mais próximo depois da feira. Outros passeavam pelas Dunas de Cabo Frio, e era como estar em outro mundo, as vezes nos perdíamos por lá, as vezes nos encontrávamos por lá, e sentávamos, e contávamos historias, tínhamos muito o que conversar e partilhar. O mundo era uma bola vagando em universo sem fim, mas nós não somos sem fim. Nós sabíamos internamente, que um dia tudo se acabaria, então tentávamos aproveitar da vida o m

Poeira Jogada ao Vento - Um texto de Victor S. Gomez

Imagem
Poeira Jogada ao Vento - Um texto de Victor S. Gomez inspirado em You're A Big Girl Now de Bob Dylan. Foi perto do verão que eu vivi essa vida, sempre foi assim, dias quase felizes. Hoje todas as lembranças são turvas, e quase nem as percebo mais. Você pode me deixar passar? Saia do caminho, você sabe que eu preciso seguir em frente, e que todas as coisas porque passei me pesam muito, saia, preciso passar. Lembre de tudo que fiz por nós, dos livros que te dei, de tudo que te ensinei, tirei proveito e aprendi também. Então imploro, tire essa corrente do meu calcanhar, isso me impede de ir em frente, saiba que eu a arrasto desde muito tempo. As partes que sobraram de mim, não são mais as mesmas, viraram poeira, e desapareceram. Meu coração se esticou, fez a curva naquela esquina, e está em algum lugar distante. Ainda vejo as sombras, ainda percebo os sons, ainda consigo me ver, naquela praia, naquele ônibus no qual atravessamos aquele mar, naquele bar de esquina. Pasmem, ainda cons

25 Frases 022 - Frases de Victor S. Gomez

Imagem
25 Frases 022 - Frases de Victor S. Gomez 01- Algo em mim quer explodir, algo que desconheço, mas que com certeza mudara a minha vida. Para melhor, espero. 02- O café me acorda para a vida. Café, matéria prima essencial para a criatividade. 03- Avaliando a vida, desde os pequenos gestos, até tudo o que fiz até agora. Vale a pena fazer um balanço da sua vida, ajuda você a crescer como ser humano. 04- O amor está em todo lugar, basta apenas termos bons sentimentos no olhar. 05- Loucos somos todos nós nessa barca doida chamada terra. 06- O tempo passa e você não se dá conta, quando percebe suas oportunidades se foram e você perdeu o que de melhor podia ter. Tudo passa, mas sempre dá tempo de ser feliz. Reveja seu passado e tente consertar o você fez de errado. A autocritica é a melhor maneira de crescer como pessoa. 07- É o seu pensamento que cria a sua realidade, então, tenha bons pensamentos e seja mais feliz. 08- Amar um lugar, uma pessoa, é com uma película de um filme, podemos cort

05 frases de Victor S. Gomez

Imagem
Frases de Victor S. Gomez 01- A verdade nunca atrapalha, pelo contrário nos faz acreditar mais nas pessoas. 02- As vezes o silencio dói mais aos ouvidos do que o barulho ensurdecedor de uma moto serra. 03- Cidadania é antes de tudo conhecimento e amor pelo que se faz. 04- Arte e conscientização andando juntas e promovendo a inclusão social . 05- Amar faz bem, ser voluntário também.                

Valença RJ, de Todas as Cores

Imagem
Valença RJ, de Todas as Cores Valença RJ, de todas as cores, de todos os cheiros, de todas as flores. Os cantos, os matos, os cantos dos pássaros, de tantas espécies que nos acordam com seus acordes. Eu só tenho medo que tudo um dia se acabe, como nas cidades grandes que já perderam suas cores e seus encantos, onde todas as cores já se tornaram cinza. Quero sempre ser acordado pelo canto do sabia, pelos gritos das Maritacas e dos bem-te-vis, quero continuar vendo o voo elegante dos tucanos que volta e meia sobrevoam minha casa. Que a vida seja sempre assim, cheia dos cantos cheios de árvores e dos encantos dos pássaros.     

25 Frases - 021

Imagem
25 Frases 021 - Frases de Victor S. Gomez 01- A simplicidade muitas vezes é transformadora e também mais verdadeira. 02- Se eu ficar triste ou tiver vontade de chorar, é só eu me lembrar das bênçãos que recebi em minha vida, então eu percebo que sou uma pessoa muito feliz. 03- O tempo é meu maior inimigo, tento ultrapassá-lo sempre, as vezes acho que até consigo, mas muitas vezes ele me deixa comendo poeira. 04- A minha diferença e a sua diferença podem conviver juntas, basta que se aceitem uma a outra. Simples assim. O que dificulta é que as pessoas não entendem isso e ficam tentando impor sua maneira de pensar aos outros   05- O caminho continua do outro lado do precipício, para continuar em frente basta apenas que você descubra uma forma de ultrapassa-lo. Do outro lado o caminho segue adiante. 06- Me sinto melhor repartindo o pouco que sei. Não sou sábio, sei que ainda tenho muito que aprender com todos, mas acredito que juntos podemos conquistar mais. 07- Eu sempre so

Poesia é Poesia - Um texto de Victor S. Gomez

Imagem
Poesia é Poesia - Um texto de Victor S. Gomez Poesia é Poesia - Um texto de Victor S. Gomez do livro "Sentado na Beira do Tempo" Poesia é poesia , é dor que se expande, sem culpa. Me desculpe, só sinto o que sinto, nada mais. Não tenho grandes pretensões literárias, apenas agradar a quem lê, quem vê, quem sente. O mais deixo aos poetas , aos mestres da poesia , aqueles que escrevem o amor. Tenho apenas uma função, sou mensageiro, passageiro. O mundo carrego nas costas, maravilhado com a perfeição, com a grandeza de quem a possui. Não suporto a ausência de amor, a falta de sorrisos, a falta de empatia. Tenho desejos, apenas pequenos desejos, todos eles bem pequenos. Eu os carrego em meus bolsos, livres como devem ser as vezes os perco, quando as janelas da alma se abrem. Mas não sigo chorando, deixo meu corpo aberto, quem sabe um dia eles resolvam voltar. Preciso estar preparado pra tudo, para se por acaso eles voltarem, vestindo a dor do mundo. Se me contorço, se me desesper

Amizade é Flor e Poesia

Imagem
Amizade é Flor e Poesia A amizade transcende o tempo, é identificação de almas, pode ser o que você quiser. A amizade pode ter vários, inúmeros significados, mas o maior de todos está no ato de se doar. Pessoas assim se identificam no olhar, e muitas vezes nem se lembram de como se conheceram, isso não tem a menor importância. E tudo isso independe de cor, religião, ou qualquer outra coisa. Quando estas pessoas se encontram, nada pode impedi-las de ir adiante, de seguir em frente, sem pensar em resultados materiais, porque pessoas não são objetos. Pessoas que se doam, se identificam e produzem mais, produzem carinho, compreensão, atos de altruísmo e amor ao próximo.  Gratidão por fazer parte do Flor e Poesia . Aqui cada um tem sua inspiração seu jeito de escrever de se doar  para nosso projeto,  cada minuto do  nosso  tempo   faz toda diferença em nossas reuniões ..Mais a semente brotou e germinou ... E  vamos seguindo com poesia. Valeu poetas e amigos facebook@mariosergiodeassis - fa

Passeei pelo Village - Um Texto de Victor S. Gomez

Imagem
Passeei pelo Village As vezes um sonho pode ser tão real, que torna tudo mais real do que é. Eu ainda tenho dúvidas, eu estive lá, ou não? Tudo indica que sim, lugares estranhos, um dia eu vou saber. Passear por aquelas ruas até encontrar com aquele poeta , passar a noite inteira pulando de bar em bar, conhecendo todos aqueles artistas, para mim hoje me parece tão real. Eu sinto que de algum modo tudo isso existiu, quando leio alguns poemas , quando ouço certas músicas, eu consigo me lembrar de tudo.   Eu peguei carona naquele trem, conheci pessoas, me vi trabalhando em algum bar, para arrumar algum dinheiro. Passeei pelo Village por várias noites, até que encontrei aquele poeta que me levou para passear por ali, e foi assim que me inspirei para escrever esse texto, em noites loucas assimilei o que podia, conversei com quem pude, Tudo para não perder nada. Aquele mundo não era meu, mas quem sabe eu poderia levar um pouco dele comigo: Memória Beat - Poema do Absurdo Conheci Allen Ginsbe